Hoje não sabemos se preferimos viver na ilusão ou na realidade. Do jeito que a vida vai, e as coisas andam, nada nos faz ter a certeza do que realmente queremos. Entretanto viver nos dois mundos às vezes se faz necessário quando queremos nos abstrair de uma coisa que não nos tem deixado muito “contente”.

A ilusão, ou mundo fantasioso, é muito importante na vida daquele que se faz presente nela. De forma que sempre o vivente nessa ilusão se faz feliz. Pois não encarar o que seria a realidade é muito bom às vezes. Nos fazemos melhores, fazemos as pessoas melhores, pensamos positivo, nos fazemos positivos.

Entretanto quando a vida fantasiosa toma maior conta da nossa vida é hora de “look out”. Prestemos atenção, a vida ilusória não anula a nossa realidade, não esconde quem somos quando realmente temos que viver a vida real. Se você se sente, ou é melhor na vida ilusória. Transforme-se no seu eu “ilusório”. As coisas melhorarão para você. Mas não perca o seu eu ilusório. Pois no seu mundo, só você se conhece. Mais ninguém.

Ilusão ou realidade? Os dois – trabalhando juntos – fazem de você e de sua vida melhores, dão mais alegria. Traga aquelas pessoas mais importantes para viverem ilusoriamente com você naquilo que realmente valer a pena.

Com o mais importante, quando aquilo que você pensar que é ilusório te der chance de se tornar realidade, faça-o tornar. Pois a ilusão pode não ser ilusão, mas apenas um sonho. Que se feito força, pode se tornar realidade.

Thiago Silva

Anúncios